sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Rádio Zumbi recebe comenda internacional de Mérito Literário

Poeta e ator Edilson Dias no "Sarau da palavra"

Os poetas Thiago Alves, Fábio Mozart, Sander Lee e Josafá de Orós foram homenageados pelo Museu de La Palavra, da Fundação César Egido Serrano, em Barcelona, Espanha, com o título de “Embaixadores da palavra”. A comenda é conferida às entidades e pessoas físicas que tenham realizado uma ação pública para celebrar a palavra “como vínculo da humanidade”. A Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares também foi agraciada, juntamente com a Academia de Cordel do Vale do Paraíba. Essas instituições produziram e divulgaram o programa radiofônico Sarau da Palavra no dia 23 de novembro, dia da palavra.

A entrega das comendas será realizada em 24 de janeiro de 2018 em Itabaiana, durante plenária da Academia. “É uma honra e uma realização muito gratificante ver o resultado do nosso trabalho pela poesia e pela palavra reconhecido por uma entidade internacional”, disse Sander Lee, Presidente da Academia.


segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

ALO COMUNIDADE DEBORA VIEIRA 10122017

 



Nesta edição, Fabio Mozart entrevista a cantora Débora Vieira. Produção e apresentação de Mozart, com sonoplastia de Beto Lucas.

Rádio Zumbi e Academia de Cordel agendam atividades do projeto Cordel na Rádio Comunitária para 2018

Poetas Rui Vieira, Thiago Alves e Fábio Mozart, integrantes do Projeto Cordel na Rádio Comunitária

A Academia de Cordel do Vale do Paraíba apresentou aos associados e simpatizantes da agremiação sua agenda de atividades para 2018, que será referendada no próximo sábado, 16, na cidade de Pocinhos, durante plenária festiva. Na ocasião, a entidade apresentará o Prêmio Violeta Formiga, com que agraciará mulheres do setor cultural que tenham se destacado em suas comunidades, culminando com o relançamento do livro “Homenagem a Violeta Formiga e outros escritos”, da escritora itabaianense Jandira Lucena.
As atividades agendadas darão a largada no dia 24 de janeiro, com plenária para comemorar o terceiro aniversário da Academia na cidade de Itabaiana e posse do poeta Merlanio Maia na Cadeira 23 e gravação do programa “Sarau da Palavra”, que estará incluído na programação da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares e outras emissoras populares do Brasil, como a Rádio Esplanada FM, de Brasília.
Para Sander Lee, Presidente da entidade, a Academia de Cordel do Vale do Paraíba termina o ano com plena realização das ações programadas. Segundo ele: “a Academia chega ao final do ano registrando parcerias importantes, a exemplo do Centro Cultural Ariano Suassuna, do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, onde serão realizadas atividades durante todo o ano de 2018, local onde desenvolveremos a maioria das ações do Projeto Cordel na Rádio Comunitária, com patrocínio do Fundo de Incentivo à Cultura Augusto dos Anjos, da Secretaria de Cultura do Estado”.

sábado, 9 de dezembro de 2017

Cantora fala sobre música paraibana dos anos 80 no “Alô comunidade” deste sábado

A cantora Débora Vieira é a convidada do “Alô comunidade” deste sábado (9), onde tratará do seu projeto de revisitar a música paraibana da década de 80.

Débora Vieira, cantora e atriz paraibana, atua nos palcos desde a década de 80, quando participava do ‘Projeto Fala Bairros’. Em seguida formou o Grupo Carro de Boi. Participou do “Festival Universitário da Canção”, no qual recebeu o prêmio de melhor intérprete, com a canção “Casa de Noca”, de Artur Silva.

“Alô comunidade” é produzido pela Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, de João Pessoa, e transmitido pela Rádio Tabajara da Paraíba AM, às 14 horas deste sábado. O programa congrega uma cadeia de rádios e portais da internet, incluindo rádios comunitárias como a Esplanada FM, de Brasília.

O programa tem apresentação de Fábio Mozart e produção de Dalmo Oliveira, da Sociedade Cultural Posse Nova República e Coletivo de Jornalistas Novos Rumos.


quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

RÁDIO ZUMBI ENCERRA 2017 INOVANDO NA COMUNICAÇÃO ALTERNATIVA PARAIBANA

Momento de descontração no estúdio 26 da ZumbiWeb
por Dalmo Oliveira*

Um pequeno coletivo de comunicadores, sem grandes pretensões, fazendo comunicação comunitária e alternativa por prazer e autorealização. Esse é um bom perfil do grupo que criou e mantém a radioweb Zumbi dos Palmares, em torno de algumas ONGs, como a Sociedade Cultural Posse Nova República e a Academia de Cordel do Vale do Paraíba. É desse jeito que a emissora encerra 2018 avançando nas inovações em sua grade de programação, com atrações inusitadas. Inovando também no uso de tecnologias cibernéticas, explorando as redes sociais, a blogosfera e as oportunidades da cena cultural popular e alternativa da redondeza.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Vila da Penha perde a Rádio Bicuda

Símbolo de luta pela democratização das comunicações, Rádio Comunitária Bicuda fecha suas portas por falta de condições econômicas



Vinculada à entidade Bicuda Ecológica, a Rádio Comunitária Bicuda FM funcionava na Vila da Penha, subúrbio do Rio. Fechou suas portas neste domingo (3), depois de nove anos no ar, por dificuldades financeiras e por pressão política. Dívidas astronômicas em decorrência de multas da Anatel levaram à insolvência da emissora, segundo Carlos Osório, diretor da Bicuda. “Buscamos apoio de sindicatos e sociedade civil local, mas não conseguimos convencer da importância de uma emissora como a Bicuda FM”, disse ele.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

ALO COMUNIDADE IVO SOUZA 02122017

 



Nesta edição Dalmo Oliveira e Beto Palhano entrevistam o ativista do Movimento de Moradia Ivo Souza. Ele fala também sobre a implantação de Biblioteca Ocupa Mente, no Colinas do Sul, em João Pessoa. O programa é uma realização da RadioWeb Zumbi dos Palmares, e tem produção e apresentação de Dalmo Oliveira, com sonoplastia de Beto Lucas.

domingo, 3 de dezembro de 2017

Rádio comunitária de Brasília passa a retransmitir programação da Zumbi

O programador da Rádio Comunitária Esplanada FM de Brasília, José Sotter, anunciou que a emissora passará a ter o “Multimistura”, “Sarau da Palavra” e “Alô comunidade” na sua grade de programação, programas produzidos pela Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, de João Pessoa.

A Rádio Comunitária Esplanada FM foi criada em 1996, no bojo da democratização da comunicação e da luta pela regionalização da produção artística e jornalística nos meios de comunicação de massa. “Assim como Brasília , a rádio teve altos e baixos, mudou ao longo do tempo e ultimamente vem cumprindo o seu papel de valorizar a cultura e os artistas locais”, confirma Sotter.

José Sotter, que também é poeta, afirmou que no Distrito Federal tem muitos saraus poéticos e a Rádio Esplanada resolveu criar um sarau radiofônico para divulgar os poetas, suas atividades e calendários. “Será um prazer retransmitir o “Sarau da Palavra”, da Rádio Zumbi e Academia de Cordel do Vale do Paraíba, unindo a Zumbi às dez rádios comunitárias de oito estados brasileiros que também retransmitem nossos programas, com grande número de audiência”, finalizou José Sotter.

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Multimistura é o melhor antidepressivo nas suas manhãs

Tudo junto e misturado | Foto: Dalmo Oliveira


O radiofônico Multimistura, da RadioWeb Zumbi dos Palmares, continua sendo a melhor opção para quem tenta fugir de uma depressão provocada pelas rádios convencionais na cidade de João Pessoa. Apenas na internet, o programa, que vai ao ar diariamente das 10h ao meio dia, faz uma análise de época bem-humorada, com o decano Fabio Mozart conduzindo a pauta.


Essa semana os ancoretas abordam temas variados, como as previsões inidôneas da Madame Preciosa do ricos. O programa também tem um novo anunciante: a cachaça cabumba de cabeça UATY ZÁPY . Os amigos aproveitam para comemorar o aniversário de Marcos Veloso. A nova aguardente também bombou entre os aficcionados devotos da Procissão da Penha.

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Novo programa destaca música afrolatina

Os Tincoãs inaugurou o estilo "afromacumba" na MPB
Uma nova atração musical estreia na ZumbiWeb: é o programa AFROLATINA que começa amanhã, a partir das 15h, logo após o Alô Comunidade. Música africana, latinocaribenha e brasileira na medida exata do seu bom gosto. "A ideia é mostrar a multiculturalidade através das ondas da rádioweb. Vamos tocar músicas consagradas e novidades do cenário musical mundial, com ênfase naquilo que é produzido fora do eixo EUA-EUROPA", explica o idealizador do radiofônico, jornalista Dalmo Oliveira.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

SARAU DA PALAVRA RADIOWEB ZUMBI DOS PALMARES

 



Vídeo com áudio do programa especial SARAU DA PALAVRA, da Radioweb Zumbi dos Palmares.








Poetas comemoram Dia Mundial da Palavra com estreia de programa no rádio

Fábio Mozart, Thiago Alves e Dalmo Oliveira produzem o "Sarau da palavra"

Os poetas Dalmo Oliveira, Fábio Mozart, Josafá de Orós e Thiago Alves, da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, são os agentes principais do programa “Sarau da palavra”, radiofônico que vai ao ar pela primeira vez nesta quinta-feira, 23 de novembro, na Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares e em canal do Youtube. A proposta do programa é, inicialmente, integrar uma programação internacional que envolve mais de 150 países em torno do Dia da Palavra, promoção do Museu de La Palabra, de Barcelona, Espanha. O coordenador do programa, Fábio Mozart, disse que o radiofônico terá novas edições mensais, “sempre na perspectiva de reunir escritores, poetas, atores, músicos, pesquisadores e entusiastas da palavra”.
A proposta de celebrar a palavra “como vínculo da humanidade” é da Fundación César Egido Serrano, de Barcelona, Espanha, que concederá o título de “Embajador de la Palavra” às pessoas e instituições que organizarem eventos cujo foco central seja a palavra neste 23 de novembro. Destra maneira, a Academia de Cordel do Vale do Paraíba se converterá em “Embaixadora da Palavra” na Paraíba.  
O programa “Sarau da palavra” será compartilhado através das redes sociais da Fundación César Egido Serrano e concorre à quinta edição do Prêmio Internacional de Microrrelatos sobre a Palavra, com 20 mil dólares de prêmio.
“Sarau da palavra” estará no ar neste 23 de novembro, às 19 horas, pela Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, de João Pessoa, no endereço eletrônico: www.radiozumbijp.blogspot.com.br
Neste sábado, 25 de novembro, o programa será reprisado na Rádio Tabajara da Paraíba AM, às 14 horas, como conteúdo do programa “Alô comunidade”, no link www.radiotabajara.pb.gov.br


sábado, 18 de novembro de 2017

ALO COMUNIDADE NOVEMBRO NEGRO RAQUEL STANICK SOLANGE ROCHA





Mabel Dias entrevista as ativistas Raquel Stanick e Solange Rocha sobre educação de gêneros e combate ao racismo



Audiência pública discute democratização da comunicação em João Pessoa (PB)


Na próxima segunda-feira (20/11), às 14 horas, a Câmara Municipal de João Pessoa (PB) estará realizando Audiência Pública para discutir 'A DEMOCRATIZAÇÃO da COMUNICAÇÃO - A CONCENTRAÇÃO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO COMO UMA BARREIRA PARA A DEMOCRACIA', proposição do vereador Marcos Henriques no âmbito da Comissão de Políticas Públicas.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Rádio Zumbi faz programa especial para comemorar “Dia da palavra”

A Academia de Cordel do Vale do Paraíba pretende comemorar o “Dia da palavra” em 23 de novembro próximo, com atos que celebrarão a palavra e a poesia, através de sarau e programa na Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, de João Pessoa. “Como poetas, vamos celebrar a palavra, que é inquestionável ferramenta na luta contra a violência, expressão sonora pela harmônica convivência entre religiões e culturas distintas, a grande língua que irmana povos em todo mundo”, afirmou Josafá de Orós, poeta de Campina Grande, membro da Academia e idealizador da ação. O programador da Rádio Zumbi, Dalmo Oliveira, anunciou que a produção terá como título “Sarau da palavra – Rádio e poesia como instrumento de convivência entre os povos”.

Neste dia 23 de novembro, várias instituições, poetas e escritores em várias partes do mundo comemorarão o “Dia da palavra”, data em que também se comemora o aniversário do “Museu de la palavra”, situado em Barcelona, Espanha. A Academia de Cordel, pelos seus multiartistas, poetas, pintores, escultores, estará marcando este dia. “Faremos nossa parte, juntando os amigos músicos, escritores, cordelistas e artistas de outras modalidades da expressão artística para celebrar a palavra”, concluiu Josafá.

EMBAIXADORES DA PALAVRA

Numerosos países e instituições serão nomeados “Embaixadores da palavra” através da Fundación César Egido Serrano, título concedido a entidades que organizarem iniciativas e atividades em suas cidades. “Nossa Academia de Cordel do Vale do Paraíba quer ser ‘Embaixadora da palavra’, até mesmo para difundir ainda mais pelo mundo a literatura de cordel paraibana, uma das mais ricas expressões culturais do Nordeste brasileiro”, comentou o poeta Sander Lee, Presidente da Academia. 

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Multimistura leva descontração e análise de época para ouvintes da ZumbiWeb

 Já está "no ar" a mais nova edição do programa Multimistura, com os âncoras Fabio Mozart, Dalmo Oliveira, Marcos Veloso e João Jales. O radiofônico atualiza o panorama do cotidiano na Paraíba, no Brasil e no Mundo. Com sua metodologia que mixa opinião com humor descontraído. Escute e espalhe. 



Acesse aqui
https://www.radiotube.org.br/audio-4745UURywmynJ
https://www.radiotube.org.br/audio-4745wKtDsMaV0
https://www.radiotube.org.br/audio-4745QBGOcJuBq
https://www.radiotube.org.br/audio-4745Uj56eOUKI

domingo, 12 de novembro de 2017

PARAÍBA

Âncora de rádio comunitária diz que está sendo processado por metade dos vereadores de sua cidade
Geraldo Minervino (esq.) com Fábio Mozart, do programa "Alô comunidade" 

O radialista comunitário Geraldo Minervino afirmou que cerca de seis vereadores assinaram processo criminal contra ele, que é responsável pelo jornalismo na rádio comunitária Rainha em Itabaiana (PB).  O processo por difamação também está sendo acionado pelo prefeito Lúcio Flávio e outros secretários. A declaração foi feita em entrevista de Geraldo Minervino ao programa “Alô comunidade”, da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, transmitido pela Tabajara da Paraíba AM, neste sábado, dia 11 de novembro.
O processo está em tramitação na vara criminal da Comarca de Itabaiana, com audiência marcada para o dia 21 de novembro. “O prefeito e os vereadores não gostaram de um vídeo que foi divulgado nas redes sociais, cujo tema era o nepotismo, baseado na série “A grande família”, da Rede Globo, e atribuíram a mim a responsabilidade da produção e difusão do filme, o que não corresponde à verdade, por isso eu irei também processa-los por danos morais”, disse Minervino.
É a primeira vez que o radialista é alvo de processo, depois que entrou no quadro de voluntários comunicadores da Rádio Comunitária Rainha FM, que detém cerca de 70% da audiência na cidade, nos horários de programas noticiosos. “O povo participa muito e acredita em nossa palavra, porque somos independentes”, afirmou Geraldo. 

sábado, 11 de novembro de 2017

Radialista comunitário é o entrevistado de hoje no “Alô comunidade”

O radialista Geraldo Minervino (foto), da Rádio Comunitária Rainha de Itabaiana, é o entrevistado deste sábado, 11, no programa “Alô comunidade”, produzido pela Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares e transmitido pela Rádio Tabajara da Paraíba AM, com retransmissão por uma cadeia de rádios comunitárias paraibanas e portais da internet, sob o comando de Fábio Mozart.
O programa tem início às 14 horas e pode ser ouvido através do rádio (1.110 KHZ) ou pela internet no link da Rádio Tabajara: www.radiotabajara.pb.gov.br
Geraldo Minervino é radialista, folclorista e carnavalesco, além de artesão. Ele ancora um programa noticioso na Rádio Rainha FM de Itabaiana, sendo considerado o único programa na radiofonia local que levanta temas polêmicos, repercutindo as reivindicações da população.  


sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Arredamento de espaços em emissoras afronta legislação da radiofonia brasileira

Bráulio (com microfone) defendeu ação direta com rádios comunitárias

















A maioria dos ouvintes de rádios do Brasil nem desconfia, mas diariamente é vítima de um golpe matreiro dos proprietários das emissoras de sua preferência. É que parte considerável dos programas veiculados, principalmente nas rádios locais e regionais, são produzidos por arrendatários que alugam espaços nas grades das programações e não por aqueles que receberam as concessões públicas do Ministério das Comunicações.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Os barões midiáticos não falam mais sozinhos

Ela não nasceu hoje. A bem da verdade, ela sempre existiu para dar vazão às ideias não hegemônicas, para denunciar os poderosos, para dar visibilidade aos excluídos. Desde o tempo do linotipo, do mimeógrafo, passando pelo rádio amador e pela radiodifusão comunitária. Em tempos de internet, ela ganhou escala e alcance nunca antes possíveis em função das barreiras econômicas que o modelo de negócio da comunicação impunha.

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Rádio Zumbi e Academia de Cordel gravam programa de debate e produzem vídeo com poetas populares


Neste domingo, 5 de novembro, a Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares e Academia de Cordel do Vale do Paraíba realizaram atividade na cidade do Ingá, na fazenda Senzala, com a gravação do programa “Multimistura” e entrevista em vídeo com os poetas Rui Vieira e Josafá de Orós, de Campina Grande, e Walter Mário Goes da Luz, o Vavá da Luz, anfitrião da caravana.

Participaram do programa o prefeito da cidade, Manoel da Lenha, o vice-prefeito Buriti e outras figuras da comunidade. As entrevistas e gravações tiveram apoio técnico de Marcos Veloso e Jacinto Moreno.

Rui Vieira, Josafá de Orós e Vavá da Luz fazem parte da Academia de Cordel do Vale do Paraíba. Na ocasião, Vavá anunciou lançamento nos próximos dias do seu primeiro livro, “uma autobiografia em versos, com partes românticas e outros trabalhos fesceninos”. 


sábado, 4 de novembro de 2017

ALO COMUNIDADE NOVEMBRO NEGRO 04112017

 



Com apresentação e produção de Dalmo Oliveira, locução de Beto Palhano e Sonoplastia de Beto Lucas, esta edição apresenta o documentário "Vozes Negras". O programa é dedicado ao Mês da Consciência Negra e divulga o Hino da Negritude, de Eduardo de Oliveira. Tem ainda Adeildo Vieira e a música em homenagem a João Balula.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Democratização das comunicações é tema de eventos em João Pessoa

Seguindo calendário nacional de debates sobre o tema, a capital paraibana sedia várias atividades que iniciaram sexta-feira e seguem até esta terça, dia 31 de outubro.
Durante os eventos, ocorrerá o lançamento oficial do Fórum Interinstitucional pelo Direito à Comunicação, o Findac. Uma oficina de mídias digitais promovida pela CUT marcou o início dos eventos na sexta, no Sindicato dos Jornalistas da Paraíba. No sábado aconteceu uma oficina sobre mídia e violações de direitos humanos no Centro da Juventude, em Bayeux.

Os eventos se encerrarão com um seminário que ocorrerá no auditório do Ministério Público Federal, segunda e terça-feira. A palestra de abertura ocorrerá às 19 horas desta segunda e contará com participação de representante do Intervozes de São Paulo. Também comporão a mesa o presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-Paraíba, Wigne Nadjare e a representante do Intervozes no Findac.

Espaço Experimental (UFPB)

domingo, 29 de outubro de 2017

ALO COMUNIDADE MERLANIO MAIA

 



Nesta edição o poeta Fabio Mozart entrevista o poeta Merlanio Maia, discutindo poesia, literatura de cordel e música nordestina.

sábado, 28 de outubro de 2017

Fábio Mozart entrevista o poeta declamador Merlânio Maia neste sábado, no “Alô comunidade”

Merlânio Maia é o convidado deste sábado, 28 de outubro, do “Alô comunidade”, programa radiofônico ancorado por Fábio Mozart que começa às 14 horas na Rádio Tabajara da Paraíba AM, cabeça de uma cadeia de rádios comunitárias e portais da internet liderada pela Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares.
Merlânio Maia é natural de Itaporanga, Paraíba, filho de Natércio Maia, poeta e declamador de toda obra do poeta Zé da Luz, cuja poética ele divulgava nas rádios do sertão da Paraíba e nos terreiros dos sítios. Nesse contexto, os filhos se apaixonaram pela cultura popular e pela música.
“Alô comunidade” é uma produção do Coletivo de Jornalistas Novos Rumos e da Academia de Cordel do Vale do Paraíba.
Para ouvir pela internet, em tempo real:

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

1º Encontro gaúcho pelo direito à comunicação debate o papel da mídia na construção do golpe

Escrito por: Redação
Fonte: Barão de Itararé
O 1º Encontro Gaúcho pelo Direito à Comunicação (EGDC) acontece nos dias 27 e 28 de outubro e tem como tema o papel da mídia na construção do golpe e as alternativas para a democratização da Comunicação. O evento é promovido pelo Comitê Gaúcho do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), coordenado pela Central Única de Trabalhadores (Cut-RS), pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS (SINDJORS) e pelo Sindicato dos Servidores Públicos do RS (Sindsepe-RS). O encontro, que é destinado ao movimento sindical, movimentos sociais e universidades, ocorre no auditório da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação (Fabico) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em Porto Alegre.

A programação conta com painéis temáticos que tem como foco os seguintes temas: desafios da comunicação comunitária e alternativa, a mídia e a luta contra o racismo e a discriminação de gênero, o monopólio da mídia e o ataque aos direitos trabalhistas e previdenciários e o desmonte da comunicação pública. Também haverá depoimentos de violações à liberdade de expressão, marcando o primeiro ano da campanha “Calar Jamais!” do FNDC.  Ao final do debate, irá ocorrer uma plenária estadual do FNDC. O evento inicia na sexta-feira (27), às 18h, e conta com o apoio da Fabico, além de vários movimentos sociais, entidades sindicais e diretórios acadêmicos.


sábado, 14 de outubro de 2017

Josafá de Orós é o entrevistado de hoje no “Alô comunidade”

 
Josafá de Orós (à esquerda) com equipe técnica do projeto "Cordel na rádio comunitária"

O poeta e artista visual Josafá de Orós estará no “Alô com unidade” deste sábado (14), falando sobre suas atividades artísticas e dando continuidade ao projeto “Cordel na rádio comunitária”, da Academia de Cordel do Vale do Paraíba. O programa tem início às 14 horas.
Josafá nasceu em Orós, Ceará, radicado em Campina Grande desde 1970, é sociólogo, artista plástico, poeta, produtor cultural, assessor em projetos de desenvolvimento, diretor executivo da Fundação Universidade Camponesa, sócio dos Institutos Históricos do Cariri Paraibano e do município de Pocinhos, na Paraíba.
O “Alô Comunidade” é um programa da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares e transmitido pela Rádio Tabajara (1.110 AM), retransmitido por sete rádios comunitárias e diversos blogs e sites, numa produção da Sociedade Cultural Posse Nova República, Academia de Cordel do Vale do Paraíba e Coletivo de Jornalistas Novos Rumos. O programa vai ao ar todos os sábados às 14h, com apresentação e produção de Dalmo Oliveira e Fábio Mozart.
De qualquer lugar do planeta, você pode ouvir o programa ALÔ COMUNIDADE pelo portal da Rádio Tabajara:

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

GRAVA MULTIMISTURA

 



Uma visita aos estúdios da Radioweb Zumbi dos Palmares para acompanhar a gravação do programa Multimistura

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

MULTIMISTURA GRAVA - BLOCO 2

 



Gravação do programa Multimistura, no estúdio da RádioWeb Zumbi dos Palmares. Bloco 2

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

ALO COMUNIDADE DANDARA PALHANO





Nesta edição Roberto Palhano e Dalmo Oliveira entrevistam a psicóloga e pesquisadora Dandara Palhano. Sonoplastia de José Fernandes. Fotos: Dalmo Oliveira

sábado, 30 de setembro de 2017

Célio Alves concede entrevista ao “Alô comunidade” neste sábado


O jornalista e advogado Célio Alves, ex-secretário Executivo de Comunicação Institucional do Governo da Paraíba, será o entrevistado deste sábado (30) no programa “Alô comunidade”, a partir das 14 horas pela Rádio Tabajara da Paraíba AM (1.110 KHZ).
O “Alô Comunidade” é um programa da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares e transmitido pela Rádio Tabajara (1.110 AM), retransmitido por oito rádios comunitárias e diversos blogs e sites, numa produção da Sociedade Cultural Posse Nova República, Academia de Cordel do Vale do Paraíba e Coletivo de Jornalistas Novos Rumos.
O programa vai ao ar todos os sábados às 14h, com apresentação e produção de Dalmo Oliveira, Fábio Mozart e Beto Palhano, reportagem de Fabiana Veloso e Marcos Veloso. 

Pela internet: www.radiotabajara.pb.gov.br


terça-feira, 26 de setembro de 2017

ALO COMUNIDADE TIAGO MONTEIRO JOSE DANTAS

 



Nesta edição Fábio Mozart entrevista os poetas José Dantas e Tiago Monteiro. Produção e apresentação de Mozart com sonoplastia de José Fernandes.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

ALO COMUNIDADE ESPECIAL FESTIVAL DE MUSICA SITIO JACARE

 



Nesta edição Dalmo Oliveira traz uma matéria especial sobre o lançamento do Festival de Música da Paraíba. Tem ainda entrevista com Danielly Gomes, liderança comunitária do sítio Jacaré, na cidade de Pilar (PB). Produção e apresentação de Dalmo Oliveira. Locução e assistência de estúdio de Beto Palhano. Sonoplastia de José Fernandes.

Rádio de Porto Velho quer retransmitir programa da Zumbi dos Palmares

Porto Velho/RO

A Rádio Bom Futuro, de Porto Velho, Rondônia, emissora da Associação Comunitária de Radiodifusão Bom Futuro, está propondo retransmitir o programa “Multimistura”, produzido pela Rádio Web Comunitária Zumbi dos Palmares. “Se vocês permitirem, queremos incluir o programa em nossa programação. Ouvi uma edição do ‘Multimistura’ e gostei do formato”, disse Edmilson Costa, diretor de programação da Rádio Bom Futuro.

“Multimistura” é um programa alternativo, onde quatro ou cinco pessoas comentam os fatos do dia-a-dia com humor. A roda de conversa é composta por Dalmo Oliveira, Fábio Mozart, João Jales, Marcos Veloso, João de Deus Rafael, Rudemberg Domingos e Sandoval Fagundes. “Em breve teremos participação de mulheres na parada, porque estamos ficando muito misóginos”, anunciou Dalmo Oliveira.

O programa é gravado semanalmente, composto por quatro blocos de 25 minutos, e é retransmitido por diversos portais da internet e rádios comunitárias da Paraíba, a exemplo da Gurinhém FM, da cidade de Gurinhém, no agreste paraibano.





sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Rádio Comunitária Zumbi recebe homenagem em “Caminhada cívica” na zona rural de Pilar



A Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, do bairro Ernesto Geisel, em João Pessoa, recebeu Medalha de Honra pela “comunicação cidadã e comunitária” que vem promovendo nos quinze anos de atividades, comemorados neste mês de setembro. A premiação é de responsabilidade das lideranças da comunidade sítio Jacaré, zona rural de Pilar, e teve lugar durante a Caminhada Cívica Escritores de Pilar, promoção da Secretaria de Educação da Paraíba, que ocorreu no dia 20 de setembro, no sítio Jacaré.
Danielly Gomes, líder comunitária local, disse que a homenagem à Rádio Zumbi é porque a equipe de comunicadores sempre divulgou as lutas e reivindicações da comunidade. “Somos gratos  principalmente aos comunicadores Dalmo Oliveira, João de Deus Rafael, Marcos Veloso, Fábio Mozart, Beto Palhano e João Jales por estarem sempre conosco quando necessitamos de mídia independente para divulgar nossas ações”, afirmou.

No cerimonial foi oferecido almoço em comemoração ao aniversário da rádio Zumbi, depois desfile de estudantes e entrega de troféus e diplomas no palanque. João de Deus Rafael, atual presidente da Sociedade Cultural Posse Nova República, mantenedora da Rádio Zumbi, agradeceu a iniciativa da comunidade Jacaré, congratulando-se- com a equipe que forma a emissora pelos quinze anos de atuação, “sempre na defesa do direito à comunicação livre e democrática na Paraíba.”

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Rádio Zumbi transmite evento multicultural em João Pessoa

Ednamay Cirilo comanda festa cultural da Confraria do Malagrida

A Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares transmitirá o encontro da Confraria do Malagrida, evento realizado desde 2005 por um grupo de jornalistas, artistas, ativistas culturais e sociais, poetas e sociedade em geral, promoção da Associação Anjo Azul, capitaneada pela jornalista Ednamay Cirilo, que terá início nesta sexta-feira, 22 de setembro, na sede do Bloco Anjo Azul, Confraria do beco da Faculdade, movimento anarquista constituído por boêmios, musicistas, poetas e artistas em geral. A programação terá início às 9h30 na Rua Gabriel Malagrida, centro de João Pessoa, ao lado da antiga Faculdade de Direito, Praça João Pessoa, com dança cigana, mesa de debates, exposição de fotografias, exibição de filmes produzidos por cineastas pessoenses, mostra de artesanato, apresentação dos blocos Anjo Azul e Anjinhas, desfile com adereços carnavalescos e feira de livros e cordéis.

O videasta Marcos Veloso exibirá filme sobre violência contra mulheres e a Academia de Cordel do Vale do Paraíba participará da feira de cordéis, na programação que irá até às 17 horas. Da Rádio Zumbi também estará presente o jornalista Dalmo Oliveira, participando de mesa sobre ciência das religiões.

Estão ainda programadas participações de Vânia de Farias, Cassandra Figueiredo Dias, Carolina Lins, poeta Quelyno Souza, Verônica Lourenço, Saulo Gimenez Ferreira Ribeiro, Dulce Edite Soares Loss, historiador Augusto Moraes e Wagner Marreira Freire, ex-jesuíta da Companhia de Jesus. Augusto falará sobre a passagem do jesuíta Gabriel Malagrida na Companhia de Jesus, fundador de colégios e seminários na Parahyba do século XVIII. Padre Gabriel Malagrida foi morto a garrote e queimado na “Santa Fogueira” da Inquisição por não comungar das ideias dos políticos e religiosos ligados ao Marquês de Pombal.



segunda-feira, 18 de setembro de 2017

ALO COMUNIDADE THAMARA DUARTE

 



Nesta edição as jornalistas Mabel Dias e Aline Simões entrevistam a pesquisadora Thamara Duarte, que fala sobre o papel de Dom José Maria Pires na Igreja Progressista na Paraíba . Produção de Mabel Dias e sonoplastia de José Fernandes

Rádio Comunitária Zumbi recebe homenagem em “Caminhada cívica” na zona rural de Pilar

A Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, do bairro Ernesto Geisel, em João Pessoa, receberá Medalha de Honra pela “comunicação cidadã e comunitária” que vem promovendo nos quinze anos de atividades, comemorados neste mês de setembro. A premiação é de responsabilidade das lideranças da comunidade sítio Jacaré, zona rural de Pilar, e terá lugar durante a Caminhada Cívica Escritores de Pilar, promoção da Secretaria de Educação da Paraíba, que ocorrerá no dia 20 de setembro, próxima quarta-feira, no sítio Jacaré. 

Danielly Gomes, líder comunitária local, disse que a homenagem à Rádio Zumbi é porque a equipe de comunicadores sempre divulgou as lutas e reivindicações da comunidade. “Somos gratos  principalmente aos comunicadores Dalmo Oliveira, João de Deus Rafael, Marcos Veloso, Fábio Mozart, Beto Palhano e João Jales por estarem sempre conosco quando necessitamos de mídia independente para divulgar nossas ações”, afirmou.

O cerimonial indica almoço em comemoração ao aniversário da rádio Zumbi, depois desfile de estudantes e entrega de troféus e diplomas no palanque. João de Deus Rafael, atual presidente da Sociedade Cultural Posse Nova República, mantenedora da Rádio Zumbi, agradeceu a iniciativa da comunidade Jacaré, congratulando-se- com a equipe que forma a emissora pelos quinze anos de atuação, “sempre na defesa do direito à comunicação livre e democrática na Paraíba.”


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Multimistura alcança maior audiência na Rádio Comunitária Gurinhém FM

Fábio Mozart e Beto Palhano

O irreverente programa de debate “Multimistura”, da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, de João Pessoa, é líder de audiência em frequência FM na cidade de Gurinhém. Segundo uma pesquisa realizada em agosto de 2017 por Zé Mailton, dirigente da Rádio Comunitária Gurinhém FM, o programa atinge mais de 2 mil ouvintes, no horário de 10 às 12 horas durante toda a semana.

A programação da Zumbi está disponível em vários aplicativos e portais da Internet, a exemplo do Radionet, DiárioPB, Tribuna do Vale, Coletivo de Jornalistas Novos Rumos e Blog do Vavá, em Ingá do Bacamarte, site que contabiliza mais de 10 mil visualizações diariamente.

“Multimistura” está comemorando o primeiro ano de transmissão ininterrupta, com os radialistas João Jales, João de Deus Rafael, Marcos Veloso, Beto Palhano, Dalmo Oliveira, Sérgio Ricardo e Fábio Mozart.  Apesar do viés informativo, o programa é muito descontraído e cheio de humor. “O formato é de uma mesa de bar onde amigos batem papo sobre assuntos atuais”, disse Dalmo Oliveira, diretor de programação da Zumbi.

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Multimistura dá uma geral na realidade brasileira

Essa semana o programa Multimistura foi gravado com mesa de som supermoderna. Os radialistas Dalmo Oliveira, Fabio Mozart, Marcos Veloso João Rafael e Beto Palhano também usufruíram de uma remodelação completa nos estúdios 26, com direito à nova bancada de pino.


domingo, 3 de setembro de 2017

ALO COMUNIDADE 363 JOAO JALES GERSON ABRANTES

 



Nesta edição Fabio Mozart entrevista o jornalista e social media João Jales, e o produtor cultural Gerson Abrantes, num bate-papo instigado sobre economia criativa.

sábado, 2 de setembro de 2017

Produção cultural independente é o tema de hoje no “Alô comunidade”

Gerson Abrantes da Parahybólica

Neste sábado, 02, o programa “Alô comunidade” recebe Gerson Abrantes (foto) e João Jales, que falarão sobre marketing criativo e sustentabilidade na área cultural. O “Alô Comunidade” é um programa da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares e transmitido pela Rádio Tabajara (1.110 AM), retransmitido por onze rádios comunitárias e diversos blogs e sites, numa produção da Sociedade Cultural Posse Nova República, Academia de Cordel do Vale do Paraíba e Coletivo de Jornalistas Novos Rumos.

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

2ª Turma do STF tem aplicado princípio da bagatela para casos de rádio clandestina


A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal tem aplicado o princípio da insignificância em favor de donos de rádios clandestinas que usam frequência incapaz de interferir no funcionamento dos serviços de comunicação autorizados. O caso mais recente é relatado pelo ministro Gilmar Mendes.
De acordo com o processo, o envolvido foi denunciado pelo crime após ser surpreendido por fiscais da Agência Nacional de Telecomunicações operando clandestinamente uma rádio denominada Nativa FM, no município de Ulianópolis (PA). Ele foi condenado pelo juiz de primeira instância à pena de 2 anos de detenção e 10 dias-multa, substituída pela pena de prestação de serviços gratuitos.
Inconformada, a defesa, feita pela Defensoria Pública da União, interpôs apelação, mas o Tribunal Regional Federal da 1ª Região negou provimento. No recurso extraordinário, a DPU alega que o laudo técnico atestou que o transmissor apreendido possuía potência correspondente a 13,4 W, o que impossibilitaria a lesão ao bem jurídico tutelado pela lei que trata sobre o tema.
O ministro Gilmar concordou com o argumento, apesar de afirmar que a instalação de estação clandestina de radiofrequência, sem autorização do órgão regulador, já é suficiente para comprometer a regularidade do sistema de telecomunicações. “Com o tipo do artigo 183 da Lei 9.472/97, o legislador buscou tutelar a segurança dos meios de comunicação, pois se sabe que o funcionamento dessas rádios pode causar interferência em vários sistemas, principalmente o aéreo”, explicou.
Ele afirmou que a jurisprudência do STF era no sentido de afastar a incidência do princípio da insignificância, ou seja, reconhecer a tipicidade material da conduta, aos crimes contra os serviços de telecomunicações. Porém, destacou que em março deste ano a 2ª Turma, no julgamento de um caso análogo, aplicou o princípio da insignificância. Naquela ocasião, o colegiado reconheceu que o potencial lesivo da conduta era mínimo, uma vez que o transmissor tinha uma baixa potência, 19 W, alcançando um raio máximo de 5 km.
No caso concreto analisado pelo ministro, o transmissor tinha potência ainda menor, de 13 W, com pouco alcance. “Dessa forma, a possibilidade de dano ao sistema de telecomunicação e aeroviário é diminuta, não havendo lesividade relevante para o Direito Penal”, afirmou Gilmar. Por esse motivo, ele trancou a ação penal contra o dono da rádio.
RE 1.040.251

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

MATO GROSSO

TCE aprova recursos públicos para rádios comunitárias


O Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso aprovou nesta terça-feira (29) a Resolução de Consulta 36/2009 que garante às rádios comunitárias o recebimento de verbas públicas, em forma de apoio cultural. Uma luta que vem sendo travada há vários anos e que, em março, recebeu o apoio do deputado estadual Valdir Barranco (PT) ao realizar audiência pública na AL para tratar do tema.
“As rádios comunitárias são indispensáveis para a democratização da informação. Em vários municípios mato-grossenses são elas os únicos veículos de comunicação e, mesmo assim, não tinham o direito de receber verbas públicas para custeio de suas operações. Onde não há interesse comercial são estas rádios que levam informação e entretenimento a sociedade. É justo que possam acessar estes recursos”, disse o deputado que agradeceu o apoio do prefeito de Juína, Altir Peruzzo (PT), quem requereu a consulta ao TCE.
A relatoria do processo (231.169/2017) é do conselheiro Valter Albano que concluiu em seu voto “ser lícito ao ente público municipal conceder apoio cultural na forma de subvenção social às fundações e associações comunitárias sem fins lucrativos que exploram o serviço de radiodifusão comunitária, desde que legalmente instituídas na forma da lei federal 9612/1998”. Portanto, a destinação de verba pública fica autorizada pelo TCE-MT. “A subvenção deverá atender as condições estabelecidas na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) com previsão no orçamento público ou em seus créditos adicionais.”
O voto do relator estabelece uma série de regras. Diz, por exemplo, que “o apoio cultural deverá ser formalizado por meio de convênio, acordo, ajuste ou instrumento congênere obedecendo as regras dispostas nos artigos 16 e 17 da Lei 4320, com a correta especificação do objeto a ser executado, elaboração de plano de trabalho e com o valor calculado com base nos serviços efetivamente prestados ou postos à disposição e, sobretudo, justificado.” As rádios deverão prestar contas ao órgão concedente e manter os comprovantes arquivados para eventual fiscalização pelo TCE-MT.
Albano também levou em consideração um apontamento feito pelo Ministério Público de Contas (MPC-MT). Segundo ele, “caso exista na localidade mais de uma rádio comunitária, o poder público deverá fazer o credenciamento de todas que satisfação as condições fixadas em lei e garantir igualdade de condições às interessadas no certame.” “Uma brilhante iniciativa”, destacou o relator, que fez outro alerta: “a rádio comunitária não pode ser considerada órgão de imprensa oficial à dar validade aos atos da administração”, o que cabe ao Diário Oficial.
A Resolução de Consulta 36/2009, do TCE-MT, que impedia a destinação de recursos públicos às rádios comunitárias foi revogada. “Registro 100% do meu apoio ao seu voto, relator. Esta proibição era injusta”, disse o presidente do TCE-MT, conselheiro Antônio Joaquim, que anunciou a aprovação do voto por unanimidade.
“Com esta aprovação vamos conseguir respirar e reestruturar comunitárias. A situação estava insuportável já que por lei não podíamos comercializar horários, vender propagandas, fazer promoções, etc. O único dinheiro que entrava, e sempre foi insuficiente, vinha do apoio de amigos que abraçam a causa. Agradeço o apoio do deputado Barranco que nos ajudou a chegar até o TCE, do prefeito Altir Peruzzo que fez o pedido de consulta ao Tribunal e da Abraco, nossa associação. Todos foram fundamentais nesta luta”, disse Aberides Alves da Silva, diretor da Alternativa FM, de Várzea Grande.
O presidente da Rádio Comunitária ABC Shallon, a primeira homologada no Brasil (27/01/2000), e com sede em Cuiabá, avaliou o voto. “Hoje fizeram justiça. Desde que o nos foi negado o direito de ao recebimento de recursos públicos (2009) enfrentamos uma situação financeira crítica. Podíamos falar dos atos dos governos, mas sem receber qualquer ajuda. Agora, a democracia no repasse de recursos volta a ser restabelecida e vai beneficiar todas as rádios legalizadas. Pelo menos oito em Cuiabá e Várzea Grande serão beneficiadas.”